Voltar

Honda RedRider realiza experiência única com expedição Amazônia MotoGP

19/04/2022 - Por: Honda RedRider

Foram 14 dias de aventura com passagem por quatro países com a moto CRF 1100L Africa Twin

O RedRider, programa de experiências com motos de alta cilindrada da Honda, iniciou a temporada 2022 de expedições com uma viagem que ficará marcada na história. A tour Amazônia MotoGP explorou quatro países, durante 14 dias, em um percurso de mais de 5.000 quilômetros. Brasil, Peru, Bolívia e Argentina foram os destinos dos aventureiros com a moto CRF 1100L Africa Twin.

O grupo com 12 motociclistas partiu de Rio Branco, no Acre, passando inicialmente pela região da Amazônia. De lá, a expedição seguiu para o Peru e com a subida pela Cordilheira dos Andes. Pontos turísticos famosos, como o Lago Titicaca e a viagem pela Estrada da Morte também fizeram parte do roteiro. Já na Bolívia, outro local que encanta a todos é o Salar do Uyuni, maior deserto de sal do mundo.

Na metade da aventura, os pilotos chegaram à Argentina até o principal motivo da viagem ao país: a cidade de Termas do Rio Hondo, local da terceira etapa da MotoGP 2022. Depois de um final de semana de muita velocidade e adrenalina, os viajantes aceleraram pelas estradas argentinas até cruzarem a fronteira para o destino final, nas Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR), já de volta ao Brasil.

“Foram momentos intensos, lembranças que sempre estarão presentes com alegria e sensação de vitória por toda a existência. Liberdade, felicidade, amizade, autoconhecimento e superação são as palavras que definem o que passamos juntos nesses dias marcantes”, descreve Cassiano Marques, organizador da Expedição RedRider Amazônia MotoGP.

Para Líbera Costabeber, embaixadora Honda RedRider, participar dessa viagem e assistir de perto à MotoGP foi uma experiência fantástica. “Ao entrar na Argentina, encontramos centenas de motociclistas. A cidade de Termas do Rio Hondo estava parada em função da MotoGP. Foi lindo de ver”, ressalta. “Mesmo sem o piloto Honda Marc Márquez – que não disputou essa etapa por questões de saúde – estar junto com a torcida dele foi emocionante para sentir toda aquela energia ao ver os melhores pilotos do mundo na pista na nossa frente. Com certeza, considero esse um dos momentos que jamais esquecerei”, completa Líbera.

Essa expedição, cujo resultado foi bastante positivo, é apenas a primeira de uma agenda repleta de atividades para 2022.

“O mais importante na indústria do turismo de aventura é o aspecto essencialmente humano da atividade: integração, unidade, compartilhamento de experiências inesquecíveis e a comunhão. Agradeço a todos os pilotos que construíram essas memória e essa história de coragem, dedicação e confiança no programa Honda RedRider”, finaliza Marques.

Além de viagens como a Expedição Amazônia MotoGP, o programa Honda RedRider conta com passeios, cursos de pilotagem on e off-road, track days, palestras e muito mais. A agenda completa por ser conferida no site www.hondaredrider.com.br e no Instagram @hondaredrider.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

© 2022 - Honda RedRider | CNPJ: 04.337.168/0004-90